terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Caralluma fimbriata

Caralluma fimbriata SERÁ RETIRADA DO MERCADO

Vai chegando o verão e as pessoas perdem a noção dos limites nos métodos para perder peso. Adotam dietas drásticas ou usam produtos desconhecidos para atingir seus objetivos.

Um produto amplamente divulgado nas farmácias de manipulação e vendidos sem controle nenhum pela internet era a tal Caralluma fimbriata. A propaganda recomendava o uso para reduzir o apetite a proporcionar sensação de saciedade. Ou seja, o que todo mundo quer. Mas, como para emagrecer não existe milagre, finalmente a ANVISA resolveu agir e publicou alerta à população sobre os riscos de consumir produtos de origem e efeitos desconhecidos que são comercializados sob a alegação de promover emagrecimento. Por essa razão, uma resolução da Agência publicada nesta terça-feira (21/12) no Diário Oficial da União suspendeu a importação da Caralluma fimbriata, além da sua fabricação, distribuição, manipulação, comércio e o uso em todo o território nacional.
A medida de suspensão de uso da Caralluma fimbriata é diretamente dirigida à população, a quem a Anvisa recomenda que abandone o consumo desse produto, cuja composição não foi analisada pela Agência e que, por isso, são desconhecidos os efeitos adversos que podem trazer à saúde humana (www.anvisa.gov.br – 21/12/10).

A primeira ação da Anvisa em relação às falsas alegações de propriedades relacionadas ao emagrecimento foi tomada em maio deste ano, quando houve a proibição de propaganda de insumos anunciados como naturais e com propriedade capazes de acelerar a perda de peso.

Então, por favor, para emagrecer é dieta controlada e exercícios físicos adequados. Não inventa moda!

Nenhum comentário:

Postar um comentário