sábado, 16 de outubro de 2010

Fettuccine bem fácil


Quem me conhece sabe que não sou muito chegada aos dotes culinários. Sempre procuro por receitas fáceis, boas e que sujem pouca louça e/ou panelas.

Adoro massa!

Hoje inventei uma receita (uma de minhas manias)com o que achei na despensa e pasmem: ficou uma delícia! E o melhor: fácil e rápida.

Fettuccine com molho de tomate pelado e shoyo.

Para 3 pessoas:
Metade do pacote de massa fettuccine (uns 300g)
1 cebola picada
4 a 5 colheres de sopa de azeite de oliva
1 lata grande de tomate pelado
molho shoyo a gosto
queijo parmesão ralado grosso
folhinhas de manjericão (tenho plantado na floreira, hummm)
Dourar a cebola picada no azeite. Colocar os tomates pelados e meio copo de água. Amassar os tomates com um garfo. Colocar o molho shoyo e vai provando até achar que está bom (não vai sal, o molho shoyo já é salgado). Cozinhar por uns 5 minutos.
Cozinhar a massa em água com sal e um fio de óleo pelo tempo que manda no pacote (usei a grano duro, fica pronta em 8 minutos). Escorrer a massa e volta para panela. Colocar a metade do molho em cima da massa e misturar.
Agora que vem o bonito!
Preparar em prato fundo.
Uma porção de massa, colocar mais molho em cima, queijo ralado e enfeitar com as folhinhas de manjericão.
Comer ajoelhado! Agradecendo ao universo por esta delícia italiana!
Espero que gostem!

domingo, 10 de outubro de 2010

Anvisa lança selo de segurança para medicamentos


Selo será lido por leitoras óticas






Apenas este ano, 53.575 remédios falsificados e contrabandeados foram apreendidos, além de 62,9 toneladas de produtos sem registro.


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) lançou nesta quarta-feira um selo de segurança que será reconhecido por leitoras óticas instaladas em todas as drogarias do país. Com isso, a partir de janeiro de 2012, quem comprar um medicamento poderá confirmar na própria farmácia se o produto é verdadeiro.

Para comprovar a autenticidade do produto bastará aproximar a etiqueta da leitora ótica. Uma luz verde, acompanhada de um sinal sonoro, indicará que o remédio é verdadeiro.

Autoadesivo e impermeável, o selo vai ser único, sem diferenciação por Estado ou por fabricante.
De acordo com a Anvisa, o objetivo é reduzir os riscos provocados por medicamentos falsificados, roubados, sem registro ou contrabandeados.
Qual seria a punição para um indivíduo que falsifica medicamentos?