quarta-feira, 21 de abril de 2010

ÁLCOOL GEL

Estamos chegando mais próximos do inverno e com ele os resfriados e gripes. Dentre as gripes: a famosa H1N1. Já falei antes da vacina. Importantíssima na prevenção. Então vamos nos prevenir. Usar o álcool gel é uma boa forma. Porém, aqui vão alguns cuidados:

  1. Use o álcool gel frequentemente, especialmente quando estiver em ambientes públicos, antes de comer, após espirrar e tossir (você não quer contaminar os outros, não é?)
  2. Usar álcool gel nas mãos visivelmente sujas? Não, melhor lavar as mãos.
  3. Fechar o frasco de álcool gel. Lembre-se: álcool evapora.
  4. Cuidado com o prazo de validade.
  5. O álcool gel pode ser o etílico - o mais usado normalmente.
  6. Não precisa ter outros ativos (triclosan, por exemplo), álcool etílico de 60% a 70% é o suficiente.
  7. Use sem pena

Agora uma dica "peruística". Dica excelente para presentear as amigas ou a si mesma: a Victoria Secrets lançou uma linha com anti-séptico.

Tem em gel higienizador de mãos e sabonete líquido. Não consegui ver a fórmula do gel, mas o sabonete tem triclosan. Pena que é com o triclosan. O ativo com ação bacteriostática que mais induz a resistência bacteriana. Enfim, usar de vez em quando não dá nada. O pump do sabonete (na foto dá para ver) faz com que saia uma bola de espuma deliciosa. O cheirinho.... hum, não preciso nem descrever: Victoria Secrets né!

quinta-feira, 15 de abril de 2010

VACINA H1N1 FALCIFICADA

Importante notícia pessoal !
VACINA DA GRIPE H1N1 FALSIFICADA

A Vigilância Sanitária divulgou nesta quinta-feira os detalhes das embalagens de vacinas falsificadas contra a gripe suína. A embalagem da vacina falsificada traz a expressão “vírus fragmentado e inativo”, mas o correto seria “vacina influenza fragmentada e inativa”. Outras diferenças são o nome da farmacêutica responsável (na vacina falsificada é Carmem Adan) e o número de registro do lote (1.609.0014.001-7). Os lotes falsos foram apreendidos na semana passada em Minas Gerais

O que devemos fazer? Ao ir até uma clínica de vacinação particular ou mesmo em Postos de Saúde para a vacinação da gripe H1N1, e antes de receber a vacina, solicitar ao técnico que irá realizar a aplicação que verifique o fabricante e o lote no frasco:

NÃO APLICAR!
Sanofi Pasteur lote DEI 036-4 seringa
Sanofi Pasteur lote DEI 036-4 frasco

Ato Normativo

RESOLUÇÃO RE No- 1.689, DE 14 DE ABRIL DE 2010
Determinar, como medida de interesse sanitário, a apreensão e inutilização, em todo o território nacional, do lote DEI 036-4 da VACINA CONTRA GRIPE INFLUENZA H1N1 (VIRUS FRAGMENTADO E INATIVO) 1 SERINGA CONTENDO 1 DOSE - Via subcutânea ou intramuscular - USO PEDIÁTRICO E ADULTO, por ter sido objeto de FALSIFICAÇÃO, constando na embalagem as seguintes informações: Fabricado por SANOFI PASTEUR AS 2, AVENUE Pont Pasteur, 69007 Lyon, France Importado e distribuído no Brasil por: Sanofi Pasteur Ltda
Avenida das Nações Unidas, 22.428 CEP. 04795-916 São Paulo – SP C.N.P.J. 24.040.487/0002-85
Registro MS nº 1.609.0014.001-7
Farmacêutica responsável: Carmem Adan CRF-SP nº 22.390

RESOLUÇÃO RE No- 1.690, DE 14 DE ABRIL DE 2010
Determinar, como medida de interesse sanitário, a apreensão e inutilização, em todo o território nacional, do lote DEI 036-4 da VACINA CONTRA GRIPE (VIRUS FRAGMENTADO E INATIVO) FRASCO DE 5 mL, Via subcutânea ou intramuscular - USO PEDIÁTRICO E ADULTO, por ter sido objeto de FALSIFICAÇÃO, constando no frasco as seguintes informações: VACINA CONTRA GRIPE (VIRUS FRAGMENTADO E INATIVO) 10 dose - 0,5 ml Via subcutânea ou intramuscular USO PEDIÁTRICO E ADULTO
Registro MS nº 1.1609.0014.001-7
Sanofi Pasteur
Farm. Resp.: Carmem Adan
CRF-SP nº 22.390

MAIS DETALHES:
http://portal.anvisa.gov.br/wps/wcm/connect/6196ee00421b793292b4dade10276bfb/tabela+diferencas+130410.pdf?MOD=AJPERES

sábado, 3 de abril de 2010

Cuidado com o paracetamol

Hoje vou tratar de um assunto que é muito importante e que, infelizmente, as pessoas dão pouca importância: o uso não racional dos medicamentos.
Nesta semana, internou mais um paciente no hospital com intoxicação por paracetamol. E vou dizer: isto é muito mais comum do que imaginamos e é grave.

O paracetamol é um ótimo analgésico, antitérmico e muito usado para adultos e crianças. O problema é o uso indiscriminado. Todos pensam que o paracetamol é inofensivo, mas não é.
O paracetamol é o nome genérico de um medicamento que se encontra em muitos produtos comuns e de venda sem receita médica, tal como Tylenol, Dôrico, entre outros. Também é conhecido como acetaminofeno. É um medicamento importante e sua eficácia no alívio da dor e da febre é largamente conhecida. Está disponível nas apresentações de comprimidos, xarope, gotas ou cápsulas. Normalmente, é um medicamento seguro desde que se use nas doses recomendadas, mas uma quantidade maior pode causar danos hepáticos. É possível que a pessoa não se dê conta dos sinais e sintomas do dano hepático imediatamente, pois ele pode demorar a se manifestar, ou ainda confundir-se com sintomas de outra doença.

A dose máxima de paracetamol para um adulto é de 4.000 mg por dia (fonte: http://www.infarmed.pt/prontuario/index.php). Se considerarmos os comprimidos de 500 mg, são no máximo 8 comprimidos por dia. Isso corresponde a 2 comprimidos de 500 mg a cada 6 horas. Já os comprimidos de 750 mg, não devemos usar mais que 5 comprimidos por dia.
Quando as instruções de uso do paracetamol são seguidas, trata-se de um medicamento de uso seguro. Para se reduzir os riscos devem-se:


  • seguir as instruções de dose e nunca tomar a dose maior do que a indicada

  • não usar paracetamol por mais tempo do que os dias de tratamento indicados

  • não use mais de um medicamento que contenha paracetamol simultaneamente

Sempre consulte um médico antes de tomar paracetamol se você:



  • Toma bebida alcoólica frequentemente

  • Tem alguma doença hepática

Nestas condições, o seu risco de sofrer dano hepático aumenta ao tomar o paracetamol, inclusive na dose recomendada.


Se você utiliza o anticoagulante warfarina, também deve consultar um médico antes de tomar paracetamol, pois a warfarina e paracetamol combinados pode aumentar o risco de sangramento


Para administrar paracetamol de forma segura a bebês e crianças, você deve:



  • Revisar os componentes ativos de outros medicamentos que seu filho esteja tomando para conferir se não contem também o paracetamol. O seu filho nunca deve tomar mais de um medicamento que contenha paracetamol.

  • Siga as orientações do pediatra

  • Eleja o medicamento correto de acordo com o peso e idade de seu filho. No caso de medicamentos de venda livre, converse com o farmacêutico se o medicamento é adequado ao seu filho, sobre a dose adequada e qual o intervalo de dose.

  • Utilize a colher medida adequada. O uso de colher de sopa ou sobremesa pode levar a uma quantidade inadequada do medicamento e prejudicar seu filho.

  • Se seu filho necessita de doses do medicamento enquanto está na escola ou creche, leve a informação de como administrar por escrito e explique ao responsável que executará esta ação

  • Guarde o medicamento fora do alcance das crianças e animais domésticos

  • Se você se der conta que usou dose em excesso ou administrou dose inadequada, acima do prescrito ao seu filho, procure auxilio médico imediatamente.

Use o medicamento segundo as instruções. Se não melhorar após tomar o medicamento conforme a indicação médica não repita a dose, consulte seu médico.